ANÁLISE DA ACEITABILIDADE POR UMA COMUNIDADE URBANA DE PRODUTOS AGRÍCOLAS IRRIGADOS POR EFLUENTES DOMÉSTICOS TRATADOS

Autores

  • Roseanne Santos de Carvalho instituto federal de sergipe
  • Rômulo Alves de Oliveira IFS
  • Beatriz Feitosa Sandes dos Santos IFS
  • Erik Santos Passos IFS

Resumo

A água é um recurso renovável e essencial à vida. Planejadores e entidades gestoras de recursos hídricos procuram, continuadamente, novas fontes de recursos para complementar a pequena disponibilidade hídrica ainda existente. Uma alternativa mais plausível para satisfazer a demandas menos restritivas, liberando as águas de melhor qualidade para usos mais nobres é o conceito de “substituição de fontes”. A reutilização de efluentes domésticos se apresenta como uma tecnologia que evita sua disposição no meio ambiente deixando de contaminar rios e córregos, promovendo grandemente a mitigação da poluição hídrica. Portanto, o presente trabalho tem o objetivo principal de pesquisar a aceitabilidade e o grau de conhecimento da população quanto ao reuso de efluentes domésticos na agricultura e a possibilidade de consumo desses produtos. A análise da aceitabilidade social de produtos agrícolas irrigados por efluentes domésticos tratados foi objeto de pesquisa aplicado à comunidade do Bairro Getúlio Vargas no Município de Aracaju, Estado de Sergipe. Por meio de pesquisa de campo, com a aplicação de um questionário, tornou-se possível conhecer e examinar a aceitabilidade do uso de efluentes domésticos tratados na irrigação agrícola. Constatou-se que a maior parte da população tinha algum conhecimento sobre o reuso de água, mas não sobre o reuso de efluentes tratados. Apesar do desconhecimento desse tipo de reuso, um número significativo de pessoas afirmou que aceitaria sua utilização na agricultura.

Biografia do Autor

Roseanne Santos de Carvalho, instituto federal de sergipe

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Sergipe (1997), Pós graduação na área de Educação e de Engenharia Civil. Mestrado no Programa de Desenvolvimento em Meio Ambiente (PRODEMA)/UFS e Doutorado no Programa de Desenvolvimento em Meio Ambiente (PRODEMA/UFS) seguindo a mesma linha de pesquisa. Professora efetiva do Instituto Federal de Sergipe (IFS) na área de Construção Civil. Tem experiência na área de Engenharia Civil e no Ensino Técnico.

Downloads

Publicado

2021-04-24