Edições anteriores

  • A segunda edição do Colóquio Máster de turismo e um evento de abrangência nacional promovido pelo programa de pós-graduação de mestrado em turismo – PPMTUR do instituto federal de Sergipe, destinado a professor e pesquisadores vinculados a cursos de graduação e pós-graduação em turismo e/ou áreas afins. A temática central do evento gira em torno da pesquisa, planejamento e gestão de turismo com os seguintes eixos temáticos: gestão turísticos, métodos e técnicas de investigação em turismo, sistemas, processos e inovação em turismo e turismo base comunitária (TBC). Apresentamos a primeira edição dos anais do II Colóquio Máster de turismo, compostos por resumos expandidos e pôsteres apresentados por pesquisadores de todas as partes do brasil durante o evento no dia 30 de novembro de 2018, no centro de pós-graduação do instituto federal de Sergipe, em Aracaju, Sergipe. Esses anais são considerados um importante avanço no rol das publicações que visam coletivizar discussões sobre as mais variadas problemáticas do turismo nos eixos temáticos do evento. Os trabalhos que compõem esses anais são as produções cientificas que apresentam pesquisas concluídas ou em desenvolvimento, que posteriormente podem ser transformadas em artigos completos a serem publicados em periódicos de qualidade e credibilidade acadêmica.  Os objetivos desses anais são a circulação de informações, além de servir como objetivo de consulta para nortear o desenvolvimento futuro de novos trabalhos acadêmicos no turismo. E assim compartilharmos com a sociedade, uma publicação cientifica e diversificada que, contribuirá para que pesquisadores de todo Brasil incentive e aperfeiçoes sua habilidade de pesquisa na área do turismo e afins.

    Revista Expressão Científica (REC) Edição Especial ComTur
    v. 3 n. 1 (2018)

    Revista Expressão Científica (REC) Edição Especial ComTur é uma publicação on-line que contém a segunda edição do Colóquio Máster de turismo e um evento de abrangência nacional promovido pelo programa de pós-graduação de mestrado em turismo – PPMTUR do instituto federal de Sergipe, destinado a professor e pesquisadores vinculados a cursos de graduação e pós-graduação em turismo e/ou áreas afins. A temática central do evento gira em torno da pesquisa, planejamento e gestão de turismo com os seguintes eixos temáticos: gestão turísticos, métodos e técnicas de investigação em turismo, sistemas, processos e inovação em turismo e turismo base comunitária (TBC). Apresentamos a primeira edição dos anais do II Colóquio Máster de turismo, compostos por resumos expandidos e pôsteres apresentados por pesquisadores de todas as partes do brasil durante o evento no dia 30 de novembro de 2018, no centro de pós-graduação do instituto federal de Sergipe, em Aracaju, Sergipe. Esses anais são considerados um importante avanço no rol das publicações que visam coletivizar discussões sobre as mais variadas problemáticas do turismo nos eixos temáticos do evento. Os trabalhos que compõem esses anais são as produções cientificas que apresentam pesquisas concluídas ou em desenvolvimento, que posteriormente podem ser transformadas em artigos completos a serem publicados em periódicos de qualidade e credibilidade acadêmica. Os objetivos desses anais são a circulação de informações, além de servir como objetivo de consulta para nortear o desenvolvimento futuro de novos trabalhos acadêmicos no turismo. E assim compartilharmos com a sociedade, uma publicação cientifica e diversificada que, contribuirá para que pesquisadores de todo Brasil incentive e aperfeiçoes sua habilidade de pesquisa na área do turismo e afins.

  • O índice de esgotamento doméstico do brasil ainda é insatisfatório, constitui-se em um grande desafio que precisa ser tratado com total prioridade, uma vez que, saúde pública de qualidade depende de um saneamento eficiente. Com a escolha da temática esgotamento sanitário, o II SANEAR-SE teve a pretensão de constituir importantes debates entre os participantes, sobre o sistema de esgotamento sanitário sergipano bem como de sues importantes serviços de saneamento, sem perder de vista a questão socioambiental na qual está intrinsecamente inserida. A compreensão da importância dos sistemas de esgotamento sanitário tendo em vista a qualidade socioambiental, convida a reflexões a respeito da sustentabilidade em seus mais variados âmbitos. Nesse sentido, pesquisadores do IFS da área e saneamento foram convidados para apresentar seus trabalhos para fins de discussão com a comunidade acadêmica neste evento.

    Revista Expressão Científica (REC) Edição Especial SANEAR
    v. 3 n. 2 (2018)

    Revista Expressão Científica (REC) Edição Especial SANEAR é uma publicação on-line que aborda sobre o índice de esgotamento doméstico do brasil ainda é insatisfatório, constitui-se em um grande desafio que precisa ser tratado com total prioridade, uma vez que, saúde pública de qualidade depende de um saneamento eficiente. Com a escolha da temática esgotamento sanitário, o II SANEAR-SE teve a pretensão de constituir importantes debates entre os participantes sobre o sistema de esgotamento sanitário sergipano bem como de seus importantes serviços de saneamento, sem perder de vista a questão socioambiental na qual está intrinsecamente inserida. A compreensão da importância dos sistemas de esgotamento sanitário tendo em vista a qualidade socioambiental, convida a reflexões a respeito da sustentabilidade em seus mais variados âmbitos. Nesse sentido, pesquisadores do IFS da área e saneamento foram convidados para apresentar seus trabalhos para fins de discussão com a comunidade acadêmica neste evento.

  • Revista Expressão Científica (REC)
    v. 4 n. 1 (2019)

    No meio acadêmico-científico, a produção de artigos tem sido de grande valia na difusão de conhecimento em todas as grandes áreas de estudo. Um dos meios de propagação é a revista, uma vez que abarca diferentes temáticas, bem como tem maior alcance no meio acadêmico. Nesse contexto, temos a Revista Expressão Científica (REC), do Instituto Federal de Sergipe (IFS), que traz, nesta edição, temas referentes à sustentabilidade, patentes, inclusão, solo e práticas documentais.

  • Revista Expressão Científica (REC)
    v. 4 n. 2 (2019)

    Cada vez mais o espaço profissional e empreendedor tem sido ocupado por mulheres, resultando numa modificação do mercado de trabalho que antes era ocupado apenas por homens. Ainda há muito a ser vencido pelas profissionais do sexo feminino, como igualdade de salário e direitos. Porém, é notório que cada vez mais as mulheres vêm se destacando no espaço profissional. Por isso, convidamos você, leitor, a se deleitar com a edição 2019.2 da Revista Expressão Científica que, desta vez, aborda desde empreendedorismo feminino à práticas ativas em sala de aula.

  • Revista Expressão Científica (REC) Edição Especial SNCT 2019
    v. 4 n. 3 (2019)

    Com o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”, o Instituto Federal de Sergipe (IFS) realizou, entre os dias 21 e 25 de outubro de 2019, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Em
    sua 16º edição, o evento contou com a submissão e apresentação de mais de 200 trabalhos das áreas de Agrárias, Engenharias, Exatas da Terra, Humanas, Linguística, Letras e Artes, bem como Sociais Aplicadas, divididos entre comunicações orais, banners e resumos expandidos. Cada resumo foi submetido, avaliado,
    e aqueles que obtiveram as melhores notas receberam premiação durante a realização do evento. Por isso, apresentamos a você, nosso leitor, a edição especial da revista com todos os resumos que obtiveram as melhores avaliações entre os trabalhos que foram submetidos e aprovados .

  • Revista Expressão Científica (REC)
    v. 5 n. 1 (2020)

    A produção acadêmica possui papel essencial na construção de novos conhecimentos, além de contribuir para a circulação dos saberes, servindo de espaço para comunicação de ideias e integração entre diversas áreas de conhecimento. Neste contexto, a publicação de cada volume da Revista Expressão Científica (REC), do Instituto Federal de Sergipe (IFS) é motivo de grande entusiasmo por incentivar a produção acadêmica do conhecimento, assim como a sua difusão. Com esta visão, a Revista Expressão Científica apresenta sete artigos que refletem sobre temas diversos com grande importância social.

  • Revista Expressão Científica (REC)
    v. 5 n. 2 (2020)

    O ano de 2020 foi marcado por uma reorganização social mundial causada pela pandemia do coronavírus. Desde a última pandemia, datada de 1918, o mundo não se via com tantas restrições de circulação de pessoas e objetos, trazendo como consequência um isolamento social ainda mais impositivo para tentar combater a doença. Nesse contexto, a produção científica produzida em diversos meios como revistas, periódicos, eventos, etc., tem sido, cada vez mais, discutida e espalhada, uma vez que a pandemia reafirmou o compromisso que a ciência tem com informações verídicas, estudadas e fundamentas.

  • Revista Expressão Científica (REC) Edição Especial SNCT 2020
    v. 5 n. 3 (2020)

    Com a pandemia de COVID19 que se faz  presente na sociedade desde dezembro de  2019, as diversas tecnologias, principalmente  as digitais, se mostraram muito importantes para a sociedade do século XXI, evidenciando ainda mais como elas ajudam tanto no processo de aproximação entre as pessoas, como no enfrentamento à momentos de crise trazidos pelas doenças. Nesse contexto, a Inteligência Artificial, uma das áreas da tecnologia que está em constante desenvolvimento, principalmente no Brasil, se faz presente, ajudando no rastreamento de casos de COVID19, bem como diminuindo o espalhamento de Fake News num momento de grande incerteza para a população mundial. Pensando nisso, o Instituto Federal de Sergipe propôs a 17º Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que, num ano marcado pela mudança e adequação social ao “novo normal”, trouxe o tema “Inteligência Artificial: A nova fronteira da ciência brasileira”.

  • Revista Expressão Científica (REC)
    v. 6 n. 1 (2021)

    Conhecimento, segundo o dicionário, é definido como ato ou efeito de conhecer, ato de perceber ou compreender por meio da razão ou da experiência. A capacidade humana de entender, apreender e compreender as coisas, além de poder ser aplicado, criando e experimentando o novo. Nascido dessa necessidade do ser humano em experimentar o novo e conhecer como as coisas funcionam, o conhecimento científico surgi como o conhecimento produzido a partir de atividades científicas cujo objetivo é demonstrar uma solução para um determinado problema proposto. Neste sentido, a Revista Expressão Científica – REC do
    Instituto Federal de Sergipe – IFS funciona como uma porta de acesso para aqueles que pretendem expandir suas observações, saber e conhecimento.