Representação descritiva de conteúdos digitais

reflexões sobre a catalogação das lives do projeto registros de informação (SIBI/UFBA)

Autores

  • Fernanda Xavier Guimarães Universidade Federal da Bahia - UFBA
  • Ivana Aparecida Borges Lins Universidade Federal da Bahia - UFBA
  • Jamilli Cristina da Silva Quaresma Universidade Federal da Bahia - UFBA

Palavras-chave:

representação da informação, disseminação da informação, conteúdo digital, catalogação temática

Resumo

A representação descritiva dos conteúdos digitais das lives do projeto Registros de Informação do Sistema de Bibliotecas da UFBA (SIBI/UFBA) é a temática abordada neste artigo, resultado de inquietações e discussões sobre como as bibliotecas universitárias da UFBA podem tornar acessíveis as lives produzidas no contexto Covid-19 para posterior recuperação, disseminação, preservação e memória. Nesse sentido, buscou-se refletir sobre a necessidade de competências e habilidades profissionais sobre representação descritiva dos conteúdos produzidos no ambiente digital. A pesquisa revelou que o Código de Catalogação Anglo-Americano (AACR2) tem sido adaptado para atender a essa realidade, embora, o Resource Description and Access (RDA) seja a norma de catalogação projetada para o ambiente digital. Os resultados demonstraram a relevância em definir um padrão específico para a catalogação de lives, objetivando promover o acesso, a disseminação, o uso e a preservação do conhecimento produzido on-line por meio do AACR2, bem como a necessidade de qualificação profissional para a utilização do novo padrão adotado para catalogação de recursos dessa
natureza, a exemplo do código de catalogação RDA. Conclui-se que é imprescindível traçar novos contornos para a catalogação de conteúdos informacionais on-line, sobretudo das lives que transitam significativamente no mundo virtual, assim como, considerar a necessidade de competências e habilidades voltados para o uso do RDA como código para tratar os conteúdos produzidos em meio digital.

Biografia do Autor

Fernanda Xavier Guimarães, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Doutora e Mestra em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia (PPGCI/UFBA). Bibliotecária-Documentalista do SIBI/UFBA. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7168-3182 

Ivana Aparecida Borges Lins, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Doutora e Mestra em Ciência da Informação pelo PPGCI/UFBA. Professora adjunta da UFBA. Superitendente do Sistema Universitário de Bibliotecas (SIBI/UFBA). Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0422-4135.

 

 

Jamilli Cristina da Silva Quaresma, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia (PPGCI/UFBA). Bibliotecária-Documentalista do SIBI/UFBA.  Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1799-2566

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. 2 ed. Rio de Janeiro, 2018.

ASSUMPÇÃO, Fabrício Silva; SANTOS, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa. Representação no domínio bibliográfico: um olhar sobre os Formatos MARC 21. Perspectivas em Ciência da Informação, [S.l.], v. 20, n. 1, p. 54-74, jan-mar, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pci/a/W8zNQzdJvdVDhRqXxS3Vksj/?lang=pt#. Acesso em: 06 jan. 2022.

GUIMARÃES, F. X.; QUARESMA, J. C. da S. Representação e disseminação dos conteúdos digitais: relato de experiência da catalogação das lives do projeto Registros de Informação (SIBI/UFBA). In: SEMINÁRIO DE PESQUISA FESPSP - “DESAFIOS DA PANDEMIA: AGENDA PARA AS CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS”, 9., 2020, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: FESPSP, 2020. Disponível em: https://www.fespsp.org.br/store/file_source/FESPSP/Documentos/Manuais FESPSP%20GT%2013%20-%20Fernanda%20Xavier%20Guimar%C3%A3es.pdf. Acesso em: 16 jul. 2021.

IFLA - International Federation of Library Associations and Institutions. Declaração dos Princípios Internacionais de Catalogação. Traduzido por Marcelo Votto Texeira e Jorge Moisés Kroll do Prado. Haia: IFLA, 2016. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/icp/icp_2016-pt.pdf. Acesso em: 04 jan. 2022.

LIVE. In: Dicionário online de português. [S.l.: s.n.], 2021. Disponível em: https://www.dicio.com.br/lives/. Acesso em: 10 dez. 2021.

MEY, E. S. A. Introdução à catalogação. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1995.

MEY, E. S. A.; SILVEIRA, N. C. Catalogação no plural. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2009.

MODESTO, Fernando. O AACR2 não dá, mas o RDA dará vitaminação ao catalogador. INFOhome, 2008. Disponível em: https://www.ofaj.com.br/colunas_conteudo.php?cod=334. Acesso em: 07 jan. 2022.

MODESTO, Fernando. Conversa para catalogador dormir: alguns caminhos do formato MARC. INFOhome, 2008. Disponível em: http://www.ofaj.com.br/colunas_conteudo.php?cod=428. Acesso em: 07 jan. 2022.

SILVA, F. C. C. da (org.). O perfil das novas competências na atuação bibliotecária. Florianópolis: Rocha Gráfica e Editora, 2020. Disponível em: http://biblio.eci.ufmg.br/ebooks/2021010003.pdf. Acesso em: 10 dez. 2021.

TEXEIRA, M. V. Bibliotecário de processamento técnico. In: SILVA, Fabiano Couto Corrêa da (org.). O perfil das novas competências na atuação bibliotecária. Florianópolis: Rocha Gráfica e Editora, 2020. 363-392 p. Disponível em: http://biblio.eci.ufmg.br/ebooks/2021010003.pdf. Acesso em: 10 dez. 2021.

SILVA, L. C. da et. al. O código RDA e a iniciativa BIBFRAME: tendências da representação da informação no domínio bibliográfico. Revista Em Questão, Porto Alegre, v. 23, n. 3, set./dez. 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/69549/41062. Acesso em: 11 nov. 2020.

TOLENTINO, V. de S.; ORTEGA, C. D. A descrição sob o ponto de vista da catalogação, da bibliografia e da catalografia. Encontros Bibli, Florianópolis, v. 21, n. 46, p. 2-18, maio/ago. 2016. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2016v21n46p2. Acesso em: 11 nov. 2020.

Downloads

Publicado

2022-03-12

Como Citar

Guimarães, F. X. ., Lins, I. A. B. ., & Quaresma, J. C. da S. . (2022). Representação descritiva de conteúdos digitais: reflexões sobre a catalogação das lives do projeto registros de informação (SIBI/UFBA). Revista Fontes Documentais, 4(Ed. especial), 38–50. Recuperado de https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/fontesdocumentais/article/view/1309

Edição

Seção

EIXO 1: Gestão de Bibliotecas Universitárias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)