Produção de textos acessíveis para pessoas com deficiência visual

a experiência do Núcleo de Acessibilidade Informacional do SIBI/UFBA

Autores

  • Nelijane Campos Menezes Universidade Federal da Bahia - UFBA

Palavras-chave:

livro acessível, pessoa com deficiência visual, biblioteca universitária, produção de texto

Resumo

Apresenta um relato de experiência sobre a criação do Núcleo de Acessibilidade Informacional do Sistema Universitário de Bibliotecas da Universidade Federal da Bahia e o desenvolvimento de suas atividades relacionadas à produção de textos acessíveis para o atendimento de pessoas com deficiência visual. O objetivo foi criar um serviço de produção de textos acessíveis em acervos acadêmicos. Os resultados mostraram que o desenvolvimento do trabalho permitiu a inserção do na Rede Brasileira de Estudos e Acervos Adaptados e o interesse por parte de pessoas com outras deficiências levando a perceber que existe demanda pela ampliação do público-alvo a ser atendido.

Biografia do Autor

Nelijane Campos Menezes, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Especialista em Comportamento Organizacional e Gestão de Pessoas pela Escola Superior Aberta do Brasil – ESAB. Bibliotecária documentalista. Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade Informacional do Sistema de Bibliotecas da UFBA. Membro da Rede Brasileira de Estudos e Conteúdos Adaptados (REBECA) e do Grupo de Pesquisa Educação Inclusiva e Diversidade (EDUCID/UNEB). 

Referências

BRASIL. Decreto nº 9. 522, de 08 de outubro de 2018. Promulga o Tratado de Marraqueche para Facilitar o Acesso a Obras Publicadas às Pessoas Cegas, com Deficiência Visual ou com Outras Dificuldades para Ter Acesso ao Texto Impresso, firmado em Marraqueche em 27 de junho de 2013. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2018/decreto/D9522.htm Acesso em: 30 ago. 2021.

BRASIL. Lei n 9. 610 de 19 de fevereiro de 1998. Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. Brasília, DF, 19 fev 1998 Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9610.htm Acesso em 30 ago. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria 3.284, de 07 de novembro de 2003. Dispõe sobre requisitos de acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências, para instruir os processos de autorização e de reconhecimento de cursos, e de credenciamento de instituições. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/port3284.pdf. Acesso em 23 jan 2021.

CARVALHO, Rosita E. Educação inclusiva: do que estamos falando? Revista Educação Especial, n. 26, p. 2, 2005. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/4395 Acesso em: 26 out. 2019.

CASTRO, Mariana Ferreira. Biblioteca universitária: desafios diante das tecnologias da informação e da comunicação no Brasil. Bibliotecas Universitárias, Pesquisas, experiências e perspectivas. Belo Horizonte, v. 4, n. 2, p. 4-17, jul./dez. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistarbu/article/view/3126. Acesso em: 03 ago. 2021.

MELO, Francisco Ricardo Lins Vieira de; FURTADO, Margareth Maciel Figueiredo Dias; RIBEIRO, Elizabeth S. Kanzaki, et al. Experiências em acessibilidade e inclusão na UFRN: o laboratório de acessibilidade da biblioteca Zila Mamede. Revista Gestão & Conexões. Vitória (ES), v. 3, n. 1, jan./jul. 2014. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/5052. Acesso em 03 ago 2021.

FACHIN, Juliana; SILVEIRA, Lúcia da; ABADAN, Diego. Ferramentas de gestão editorial para periódicos em acesso aberto. In. SILVEIRA, Lúcia da; SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. (Org.). Gestão editorial de periódicos científicos: tendências e boas práticas. Florianópolis: BU Publicações/UFSC: Edições do Bosque/UFSC, 2020. p 127 - 168. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/208691. Acesso em 27 jul 2021.

FORTALECIMENTO de bibliotecas acessíveis e inclusivas (Manual orientador). São Paulo: Mais Diferenças, 2016. 152 p. Disponível em: https://maisdiferencas.org.br/noticias-projeto/baixe-o-manual-orientador-para-fortalecimento-de-bibliotecas-acessiveis-e-inclusivas/. Acesso em: 03 jun 2021.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

MANTOAN, Maria Teresa E. Inclusão escolar: o que é? por quê? como fazer? São Paulo: Moderna, 2003. 50 p.

MAZZONI, Alberto A. et al. Aspectos que interferem na construção da acessibilidade em bibliotecas universitárias. Ciência da Informação, Brasília, v. 30, n. 2, p. 29-34, maio/ago. 2001.

MOTTA, Lívia Maria V. de M.; ROMEU FILHO, Paulo (Orgs.). Audiodescrição: transformando imagens em palavras. São Paulo: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, 2010. Disponível em: http://www.blogdaaudiodescricao.com.br/livro-transformando-imagens-em-palavras?fbclid=IwAR3FSgXKh3UBkDP-R9PA_h9YQgeuLswY-LAvwgPXw7PxH11cYZUTd32Y37Y Acesso em: 23 out. 2018.

RODRIGUES, José Carlos; SOUZA, Salete Cecília de. Como pensar a acessibilidade em artigos de periódicos: tendências em design universal para pessoas com deficiência visual. In. In. SILVEIRA, Lúcia da; SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. (Org.). Gestão editorial de periódicos científicos: tendências e boas práticas. Florianópolis: BU Publicações/UFSC: Edições do Bosque/UFSC, 2020. p 105 - 125. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/208691. Acesso em: 27 jul 2021.

SANTA ANNA, Jorge. A biblioteca universitária e sua intervenção no contexto social: fomentando práticas multifuncionais. RICI, Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, Brasília, v. 11, n. 2, p. 449-469, maio/ago., 2018. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/RICI/issue/view/819 Acesso em: 30 ago. 2021.

SILVA, Cícero Carlos de O. da; BERNARDINO, Maria Cleide R. Percepções sobre biblioteca inclusiva. Folha de Rosto: Revista de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Juazeiro do Norte, CE, v. 1, n. 1, p. 30-43, jan./jun., 2015. Disponível em: https://periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/5/4 Acesso em: 30 ago. 2021.

SILVA, Manoela Cristina C. C. da. Audiodescrição de Imagens Estáticas Bidimensionais em Materiais de Natureza Didática e Acadêmica. (Projeto de pesquisa) - Universidade Federal da Bahia. Instituto de Letras. Salvador: 2019, 29 p.

SOUSA, Clemilda dos Santos. A audiodescrição como recurso de acesso à informação imagética na produção de acervos acessíveis para pessoas com deficiência visual na biblioteca universitária. Monografia (Especialização em Tradução Audiovisual

Acessível/Audiodescrição) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2018. 40 p.

Downloads

Publicado

2022-03-12

Como Citar

Menezes, N. C. . (2022). Produção de textos acessíveis para pessoas com deficiência visual: a experiência do Núcleo de Acessibilidade Informacional do SIBI/UFBA. Revista Fontes Documentais, 4(Ed. especial), 145–158. Recuperado de https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/fontesdocumentais/article/view/1326

Edição

Seção

EIXO 2: Serviços e Produtos de Informação em Bibliotecas Universitárias