O Professor readaptado e suas práticas educativas na biblioteca escolar de uma escola estadual em Porto Velho/RO

Autores

Palavras-chave:

Biblioteca escolar, Prática educativa, Formação docente

Resumo

A Biblioteca Escolar deve ser um espaço que oferece múltiplas possibilidades para a comunidade escolar. Ela deve apoiar e auxiliar na complementação das atividades, desenvolvidas em sala de aula, pelos docentes. O objetivo dessa pesquisa foi verificar quais práticas educativas os professores readaptados que são responsáveis pela Biblioteca Escolar estão desenvolvendo, na B.E. de uma Escola Estadual, na cidade de Porto Velho/RO. A pesquisa foi realizada no primeiro semestre de 2019. Trata-se de um estudo de caso, e a metodologia que sustenta o trabalho está pautada pelo estudo descritivo e exploratório, com a utilização da técnica de levantamento bibliográfico e da observação, por uma abordagem qualitativa e pela entrevista semiestruturada. Por meio da coleta e análise dos dados, foi possível perceber que as práticas educativas, desenvolvidas na B.E. da escola, estão voltadas para pesquisa e leitura. Observou-se, também, que não há projetos organizados e coordenados sendo realizados na escola por esses profissionais.

Biografia do Autor

Célia Reis Sales, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO)

Bibliotecária do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO). Mestranda do Programa em Educação Escolar pela Universidade Federal de Rondônia (PPGE-UNIR). Graduada em História e Biblioteconomia e Documentação ambos pela UNIR. Membro do Grupo de Estudos Interdisciplinares em Educação, História e Memória (MNEMOS).  

Jussara Santos Pimenta, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Docente do Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar (PPGE-UNIR). Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro/Universidade de Lisboa. Líder do Grupo de Estudos Interdisciplinares em Educação, História e Memória (MNEMOS). 

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Lei 12.244 de 24 de maio de 2010. Dispõe sobre a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino do País. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12244.htm. Acesso em: 20 out. 2018.
CAMPELLO, Bernadete. Biblioteca escolar: conhecimentos que sustentam a prática. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.
CAMPELLO, Bernadete. Ferreira; et al. Biblioteca escolar como espaço de produção do conhecimento: Parâmetros para bibliotecas escolares. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.
CHAGAS, Joanne Alves das. Práticas de leitura e disseminação da informação na biblioteca escolar. 2014. 74f. João Pessoa. Monografia (Graduação em Biblioteconomia). João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2014. Disponível em: http://www.ccsa.ufpb.br/biblio/contents/tcc/tcc-2014/praticas-de-leitura-e-disseminacao-da-informacao-em-biblioteca-escolar.pdf Acesso em: 10 nov. 2018.
COELHO, Ana Maria Simões; DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. Olhar o magistério " no próprio espelho”: o conceito de profissionalidade e as possibilidades de se repensar o sentido da profissão docente. Revista Portuguesa de Educação, v.30, n.1, p.7-34, 2017.Disponível em: http://revistathema.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/861/781. Acesso em: 01 nov. 2018.
COSTA, Jéssica Fernandes. O papel da biblioteca escolar no processo de ensino-aprendizagem. 2013. 95f. Brasília. Monografia (Graduação em Biblioteconomia). Brasília:
Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação, 2013. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/6092/1/2013_JessicaFernandesCosta.pdf Acesso em: 10 nov. 2018.
CORTE, Adelaide Ramos e; BANDEIRA, Suelena Pinto. Biblioteca escolar. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2011.
DAY, Christopher. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto, Portugal: Porto Editora, 2001.
DUARTE, Yaciara Mendes. A história da educação básica no Brasil e as representações sociais sobre a biblioteca escolar: o passado que influencia o presente. In: PIMENTA, Jussara Santos et al. (Org.). Biblioteca escolar: memória, práticas e desafios. Curitiba: CRV, 2019, v., p. 61-77.
FÉLIX, Andressa Ferreira. Práticas educativas em bibliotecas escolares: a perspectiva da cultura escolar – uma análise de múltiplos casos na RME/BH. 2014.124.f. Minas Gerais. Dissertação (Pós-Graduação em Ciência da Informação). Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Ciência da Informação, 2014. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/BUOS-9UFN8D/disserta__o_affelix_versaofinal_final_revisado.pdf?sequence=1. Acesso em: 10 nov. 2018.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2013.
GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
HUBNER, Marcos Leandro Freitas; PIMENTA, Jussara dos Santos; SOEIRO, Herta Maria de Açucena do nascimento. A Biblioteca nas escolas públicas estaduais de Porto Velho (RO): análises das condições de instalação e funcionamento. In: PIMENTA, Jussara Santos et al. (Org.). Biblioteca escolar: memória, práticas e desafios. Curitiba: CRV, 2019, v., p. 61-77.
KÖCHE, José Carlos. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e prática da pesquisa. 15. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.
LÜDKE, Menga, ANDRÉ, Marli E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo : EPU, 1986.
MAROTO, Lucia Helena. Biblioteca escolar, eis a questão!: do espaço de castigo ao centro do fazer educativo. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.
MENDES, Ana Magnólia. et al. Trabalho e saúde: o sujeito entre emancipação e servidão. Curitiba: Juruá, 2008.
MIGUEZ, Vitor de Almeida, BRAGA, Jacqueline Ramos Machado. Estresse, Síndrome de Burnout e suas implicações na saúde docente. Revista Thema, v. 15, n. 2, p. 704 a 716, 2018.
NÓVOA, Antônio. O passado e o presente dos professores. In: NÓVOA, Antônio (Org.) Profissão professor. Porto, Portugal: Porto Editora, 1999.
ORIÁ, Ricardo. Bibliotecas escolares no Brasil: uma análise da aplicação da Lei nº 12.244/2010. Brasília: Câmara dos Deputados, 2017.
PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999. p. 15-34.
RAMOS, Flávia Brocchetto; SILVEIRA, João Paulo Borges da. Práticas pedagógicas na biblioteca escolar. In: PIMENTA, Jussara Santos et al. (Org.). Biblioteca escolar: memória, práticas e desafios. Curitiba: CRV, 2019, v., p. 97-110.
RODRIGUES, Kátissa Galgania Feitosa Coutinho, SANTOS, Cícero Reginaldo Nascimento. Readaptação dos professores em bibliotecas escolares públicas no Brasil: uma reflexão psicológica sobre a Autoestima. Id on Line Rev. Psic. v.11, n. 34. p. 281-304, fev., 2017
ZIMMERMANN, Juliano Ricardo; PAULA, Viviane Carolina de; OHIRA, Maria de Lourdes Blatt. Avanços, perspectivas e limitações da lei no 12.244/2010 com vistas a sua aplicabilidade: análise da literatura brasileira e ações dos órgãos de classe do estado de Santa Catarina (Brasil). Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, n. 2, v. 12, 2017. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1305. Acesso em: 27 jan. 2019.

Downloads

Publicado

2019-09-11

Como Citar

Sales, C. R., & Pimenta, J. S. (2019). O Professor readaptado e suas práticas educativas na biblioteca escolar de uma escola estadual em Porto Velho/RO. Revista Fontes Documentais, 2(2), 37–54. Recuperado de https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/fontesdocumentais/article/view/437