A computação cognitiva e a disseminação da informação em saúde

Autores

Palavras-chave:

Computação cognitiva, Inteligência Artificial, Bibliotecário, Disseminação da Informação, Covid-19, Coronavírus

Resumo

Trata dos adventos da pandemia do novo coronavírus e o contexto da computação cognitiva, apresentando como a união entre o bibliotecário e as ferramentas da inteligência artificial podem ter efeitos positivos no combate a COVID-19. Aborda a importância da disseminação da informação através da computação cognitiva para comunicar esclarecimentos, dados e informações nesse momento de distanciamento social, tal como também auxiliar na educação remota, tendo o bibliotecário em papel de destaque. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica não sistemática e estudo de caso simples. Como resultado apresenta um breve case em andamento nomeado de “TICA”. Uma aplicação com base em computação cognitiva em fase de treinamento no Laboratório de Tecnologias de Informação e Inclusão Sociodigital (LTI Digital).

Biografia do Autor

Quezia Rodrigues de Oliveira, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Bolsista do LTI Digital /UFBA

Jéssica Caila Mendes Batista, Universidade Federal da Bahia - UFBA

 Graduação em Ciência e Tecnologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Bolsista do LTI Digital 

 

Bárbara Coelho Neves, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Doutora em Educação (FACED/UFBA) e Mestre em Ciência da Informação (PPGCI/UFBA). Professora do Instituto de Ciência da Informação (ICI/UFBA). Pesquisadora líder do LTI Digital. 

Referências

AGRELA, L. Inteligência artificial previu epidemia do coronavírus da China: startup canadense previu a quais países a doença chegaria. Exame, 28 jan. 2020. Disponível em: https://exame.abril.com.br/tecnologia/inteligencia-artificial-previu-epidemia-do-coronavirus-da-china/. Acesso em: 18 abril 2020.
ARRUDA, E. P. Educação remota emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. EmRede, v. 7, n. 1, p. 257-275.(2020). Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/621. Acesso em: 04. Ago. 2020.
CHAMBERLIN, B. Cognitive computing e education: horizonwatch 2016. Emerging Trend Brief. IBM Market Development & Insights, 2016. Disponível em: https://pt.slideshare.net/HorizonWatching/cognitive-computing-education-ibm-horizonwatch-2016-trend-brief>. Acesso em 05. Ago. 2020.
CANI, J.; et al. Educação e covid-19: a arte de reinventar a escola mediando a aprendizagem “prioritariamente” pelas TDIC. Revista Ifes Ciência, V. 6 (1), 23-39. Disponível em: https://doi.org/10.36524/ric.v6i1.713. Acesso em: ago. 2010.
CONTENT, A. B. Como a computação cognitiva pode ajudar na educação. Superinteressante, [S.I], 13 dez. 2016. Disponível em: https://super.abril.com.br/tecnologia/como-a-computacao-cognitiva-pode-ajudar-na-educaca/ Acesso em: 4 ago. 2020.
GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. rev. São Paulo: Atlas, 2008. 220 p. ISBN 978-85-224-5142-5
INTERNATIONAL BUSINESS MACHINES CORPORATION. Watson Assistant. [S.I]: IBM, [2020]. Disponível em: https://www.ibm.com/cloud/watson-assistant/?lnk=STW_US_CLP_BNR_BLK&lnk2=trial_WatAssist. Acesso em: 3 ago. 2020.
LOBO, L. C. Inteligência artificial, o futuro da medicina e a educação médica. Rev. bras. educ. med., Brasília, v. 42, n. 3, p. 3-8, Sept. 2018 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022018000300003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 19 Apr. 2020
LEITE, V. J. A.; NEVES, B. C. Computação cognitiva na perspectiva da informação em saúde. Revista Fontes Documentais. Aracaju. v. 02, n. 01, p. 60-66, jan./abr. Disponível em: https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/index.php/fontesdocumentais/article/view/421. Acesso em: 27 ago. 2020.
NEVES, B. C. As perspectivas e aplicações da computação cognitiva em unidades de informação. In. XX ENANCIB, Anais..., Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/123114. Acesso em: 28 jul. 2020.
NEVES, B. C. Metodologias, ferramentas e aplicações da inteligência artificial nas diferentes linhas do combate a Covid-19. Folha de Rosto, v. 6, n. 2, p. 44-57, 14 jun. 2020. Disponível em: <>. Acesso em ago. 2020.
PIZZANI, Luciana et al. A arte da pesquisa bibliográfica na busca do conhecimento. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, n. 2, v. 10, p. 53-66, 2012, 2012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1896/pdf_28. Acesso em: 8 maio 2019.
SIEBRA, S. A; BORBA, V. R.; MIRANDA, M. K. F. O. Curadoria digital: um termo interdisciplinar. [S.I]: Informação & Tecnologia, 2018. p. 21-38. Disponivel em: https://www.semanticscholar.org/paper/CURADORIA-DIGITAL%3A-UM-TERMO-INTERDISCIPLINAR-Siebra-Borba/ccbb76c58b8f97dac73ad7187d32ccdd89010210. acesso em: 5 ago. 2020
TERRENCE, A. C. F.; ESCRIVÃO FILHO, E. Abordagem quantitativa, qualitativa e a utilização da pesquisa-ação nos estudos organizacionais. In. ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 26., 2006, Fortaleza. Anais... Fortaleza, 2006. p. 1-9. Disponivel em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2006_tr540368_8017.pdf. acesso em 10 ago. 2020
UNESCO, Brasil. Pandemia expõe importância de universalizar acesso à Internet no mundo. 2020. Disponível em: https://nacoesunidas.org/unesco-pandemia-expoe-importancia-de-universalizar-acesso-a-internet-no-mundo/. Acesso em: jul 2020.
WEISS, M. C. Sociedade sensoriada: a sociedade da transformação digital. Estudos Avançados, 33(95), 203-214. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2019.3395.0013. Acesso em: 27 ago. 2020.
WORLD HEALTH ORGANIZATION. Pesquisa global sobre doença de coronavírus (COVID-19). [S.I]: WHO, 2019?. Disponível em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/global-research-on-novel-coronavirus-2019-ncov. Acesso em: 3 ago. 2020.

Downloads

Publicado

2020-11-09

Como Citar

Oliveira, Q. R. de, Batista, J. C. M., & Neves, B. C. (2020). A computação cognitiva e a disseminação da informação em saúde. Revista Fontes Documentais, 3, 367–376. Recuperado de https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/fontesdocumentais/article/view/658

Edição

Seção

COMUNICAÇÕES: Comunicação, informação em rede e humanização: novas perspectivas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.