Foco e Escopo

Criado em 2014 pelo Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Matemática (GEPEM) do Instituto Federal de Sergipe/IFS, sob a coordenação geral do Prof. Dr. Laerte Fonseca, também docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIMA/UFS), este periódico objetiva fomentar e difundir publicações a nível local, regional, nacional e internacional sobre temas relativos ao ensino e aprendizagem de matemática. Até o ano de 2018, a periodicidade das publicações era semestral e restrita ao campo da Educação Matemática.

Entretanto, como o próprio nome “Caminhos” sugere, decidiu-se que a partir do segundo volume de 2018 a revista acolheria propostas alternativas advindas do Ensino de Ciências, como sendo estas possíveis rotas para acesso a potenciais estratégias pedagógicas. Essa iniciativa surgiu da compreensão de que existe nos bastidores epistemológicos dessas áreas vieses interdisciplinares que podem ser apreciados na forma de difusão de teorias e métodos importantes também para a Educação Matemática.

A periodicidade é no mínimo semestral e as obras devem considerar importantes temáticas que, direta ou indiretamente, auxiliem novos olhares aos educadores matemáticos que, por sinal, constituem-se em uma comunidade aberta às discussões de naturezas plural, interdisciplinar e multidisciplinar.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os números temáticos são gerados a partir de submissões às cegas organizadas pelos editores convidados (com diversidade de abordagens, incluindo artigos empíricos e teóricos) que, em comum acordo com o editor geral, privilegiam textos inéditos nas áreas de Ensino de Ciências (que sirvam ao Ensino de Matemática), Educação Matemática ou Didática da Matemática, cuja finalidade é dar visibilidade às pesquisas realizadas por alunos de graduação, mestrado ou doutorado junto aos seus respectivos orientadores ou, também, por egressos desses cursos, bem como por professores da Educação Básica que desejem apresentar resultados de novas pesquisas desenvolvidas em suas instituições de ensino.

Textos submetidos diretamente à CEMeR serão analisados pelos Editores Associados e designados aos avaliadores na tentativa de constituírem o volume impresso desse periódico, que limita cada edição em 06 (seis) artigos não temáticos. Também é possível que os artigos submetidos aleatoriamente se encaixem em algum número temático futuro, podendo ser considerado pelo editor convidado responsável.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.